Curso de Zootecnia UFNT oferta 20 vagas

Melhorar e aumentar a produção e qualidade dos produtos e serviços de origem animal, garantindo a segurança alimentar, respeitando a sustentabilidade da produção e preconizando o bem-estar da humanidade e dos animais, essas são as principais funções de um profissional Zootecnista. Para quem deseja seguir essa carreira, a Universidade Federal do Norte do Tocantins (UFNT) – Câmpus de Araguaína – oferece 20 vagas via Sistema de Seleção Unificada Sisu para o semestre 2021/1 e mais 20 por meio do Processo Seletivo Complementar (PSC).

O curso de Zootecnia da UFNT tem duração de dez semestres e funciona em período integral, além disso possui quadro de docentes altamente qualificados, contando com 25 profissionais efetivos, um professor substituo e um professor convidado, todos doutores. “Vale salientar que nosso curso, possui nota 4 na última avaliação do MEC (2018), nota 3 no Enade (2019) e nota 4 no CPC (Conceito Preliminar do Curso), destaca a coordenadora do curso, Marilu Santos Sousa.

De acordo com Marilu a Zootecnia possui um leque de mercado de trabalho bastante vasto. “Podemos trabalhar em diversos setores da indústria animal, cujo objetivo é a produção de proteína animal com qualidade e segurança para o consumidor. O profissional estará apto para atuar nas áreas de melhoramento genético, nutrição, reprodução, manejo geral da criação das espécies animais, tecnologia de produtos de origem animal (embutidos), administração rural, criação de animais silvestres, dentre outros”, explica.

A inserção do curso de Zootecnia na UFT na sociedade se dá por meio de atividades de ensino, dos diversos projetos de pesquisa e das atividades de extensão que, de forma indissociável, propiciam a formação de profissionais e produzem conhecimentos que contribuem para a transformação e desenvolvimento da produção animal no estado do Tocantins.

 

Durante o curso de graduação o aluno tem a oportunidade de participar de diferentes programas, projetos, ações, grupos de estudos, pesquisa e extensão que visam ampliar a formação acadêmica, dentre os quais se destacam:

Programa de Residência Agrícola: O Programa de Residência Agrícola é ligado ao Ministério da Agricultura, Pecuária e Abastecimento e à Pró Reitoria de Extensão da UFT. O curso de Zootecnia possui três programas de residência agrícola nas áreas da Cadeia Produtiva da Carne, Bovinocultura de Leite e Nutrição Animal, que têm como objetivo apoiar a qualificação técnica de estudantes e recém-egressos do Curso de Zootecnia da Universidade Federal do Tocantins por meio de treinamento prático, supervisionado e orientado por professores do Curso de Zootecnia e realizado em Unidades de Residência conveniadas.

Programa Coordenador
Programa de Residência Agrícola em Cadeia Produtiva da Carne Prof. Dr. José Neuman Miranda Neiva
Programa de Residência Agrícola em Bovinocultura de Leite Prof. Dr. Glauco Mora Ribeiro
Programa de Residência Agrícola em Nutrição Animal Profª Drª Déborah Alves Ferreira

 

 PET Zootecnia: O PET Zootecnia faz parte do Programa de Educação Tutorial, programa do Ministério da Educação que tem como objetivo aprimorar a formação acadêmica com atividades extracurriculares de ensino, pesquisa e extensão. Atualmente o PET Zootecnia possui 12 alunos bolsistas sob a orientação da professora tutora Drª Ana Cláudia Gomes Rodrigues Neiva.

 

Projetos de Extensão

• Trote Solidário da Escola de Medicina Veterinária e Zootecnia: o trote solidário da EMVZ é realizado desde o ano de 2015 e tem como objetivo promover a integração e socialização dos novos acadêmicos à vida universitária. Assim, visando acolher de maneira amigável, organizada e respeitosa, os novos estudantes dos cursos de Medicina Veterinária e Zootecnia da Universidade Federal do Tocantins, são desenvolvidas várias atividades integradoras durante a primeira semana de aula, tais como: palestras, almoço de confraternização, sessão de cinema, visita às instalações da EMVZ, dinâmicas e gincana solidária. A realização da gincana visa estimular a consciência ética e cidadã nos alunos, indo além dos muros da universidade com ações de solidariedade e interagindo com a comunidade de Araguaína, com arrecadação de alimentos para instituições de caridade da cidade, campanha para doação de sangue e cadastro de medula óssea e campanha sobre posse responsável de animais de companhia. O projeto é coordenado pelo grupo PET Zootecnia em parceria com grupos de estudos e coordenações dos cursos de Zootecnia e Medicina Veterinária.

• Dia de Popularização da Ciência Animal: evento realizado desde o ano de 2014 no formato de feira de ciências e tem como objetivo difundir a ciência, especificamente as atividades de pesquisas desenvolvidas na Escola de Medicina Veterinária e Zootecnia da Universidade Federal do Tocantins junto aos estudantes de ensino fundamental e médio da região. A atividade é realizada anualmente durante um dia no estande do Sebrae na Exposição Agropecuária de Araguaína (Expoara), onde crianças do ensino fundamental e médio da zona urbana e rural podem conhecer as atividades de ensino e pesquisa desenvolvidas na Escola de Medicina Veterinária e Zootecnia da UFT. São apresentadas atividades tais como: Vídeo sobre as áreas de atuação do Zootecnista e do Médico Veterinário; Vetores das doenças: pequenas criaturas, grandes problemas; Peça de teatro educativo: “O Cão Denado”, que mostra a importância do controle da leishmaniose; A sociedade das abelhas; Hormônio na carne de frango: verdade ou mito?; A produção de carne de frango no Brasil; Olhar com ciência: do microscópio à célula gigante; Conhecendo os animais da nossa fauna; As mil e uma utilidades dos bovinos, dentre outras. A atividade é coordenada do PET Zootecnia em parceria com professores e grupos de estudos dos cursos de Zootecnia e Veterinária da UFT, Sebrae e Sindicato Rural.

• Projeto do Câmpus para o Campo: Difusão de Tecnologias para Produção Animal: o projeto tem como objetivo difundir novas tecnologias para o meio rural brasileiro, visando principalmente a produção sustentável e com viabilidade sócio-econômica. Além disso há ações no sentido de levar informações para alunos do ensino fundamental e médio de forma a acabar com alguns mitos sobre a produção agropecuária.
Coordenador: Prof. José Neuman Miranda Neiva.

 Projeto: A Genética na sua Vida e na Escola 😮 projeto tem como objetivo apoiar a formação e a qualificação continuada dos professores do ensino médio das escolas da rede pública, por meio da oferta de um curso de Genética Básica articulado com conceitos fundamentais de probabilidade, em um contexto de ambiente virtual de aprendizagem. Coordenadores: Prof. Dr. Alencariano J.S. Falcão, Profª Dra. Lara S.C. Blanck, Profª Dra. Priciane C.C. Ribeiro.

 

Grupos de Estudos e Pesquisas

A inserção do curso de Zootecnia na UFT na sociedade se dá por meio de atividades de ensino, dos diversos projetos de pesquisa e das atividades de extensão que, de forma indissociável, propiciam a formação de profissionais e produzem conhecimentos que contribuem para a transformação e desenvolvimento da produção animal no estado do Tocantins.

Durante o curso de graduação o aluno tem a oportunidade de participar de diferentes programas, projetos, ações, grupos de estudos, pesquisa e extensão que visam ampliar a formação acadêmica, dentre os quais se destacam:

Nome do Grupo Coordenador
· Grupo de Estudos e Pesquisas Do Campus para o Campo: Tecnologias para Produção Animal Prof. Dr. José Neuman Miranda Neiva
· Grupo de Estudos e Pesquisas em Avicultura (GEPA) Profª Drª Kênia Ferreira Rodrigues
· Grupo de Estudos em Abelhas do Tocantins (GEATO);  Prof. Dr. Rômulo Augusto Guedes Rizzardo
· Grupo de Estudos em Genética e Melhoramento (GEMA) Prof. Dr. Alencariano Falcão
· Grupo de Estudos em Relação Solo x Planta x Animal Prof. Dr. Antônio Clementino dos Santos
· Núcleo de Estudo e Pesquisa em Ambiência e Nutrição na Avicultura de Corte (NEPANAC) Profª Drª Roberta Gomes Marçal Vieira Vaz
· Núcleo de Estudos e Pesquisas em Suinocultura (NEPSUI) Prof. Dr. Gerson Fausto e Profª Drª Marilu Santos
· Núcleo de Estudos em Produção de Ruminantes na Amazônia Legal (NEPRAL) Prof. Dr. Émerson Alexandrino
· Núcleo de Vivência em Produção de Leite Prof. Dr. Glauco Mora Ribeiro
· Target: Grupo de Estudos em Biotecnologias Profª Drª Lara Sílvia Corradi Olhê Blank

 

Projetos de Pesquisa

Título Coordenador
Adesão ao Programa ABC no Sistema ILPF na microrregião Araguaína: aspectos da tomada de decisão e no fomento das práticas sustentáveis Profª Drª Marielen Aline Costa da Silva/ Profª Drª Keile Beraldo
Avaliação da inclusão do óleo essencial em dietas de novilhas Nelore terminadas em confinamento com dietas de alto grão Profª Drª Fabrícia Rocha Chaves Miotto
Avaliação da qualidade e da composição química de carnes de alto padrão bovinos terminados em confinamento e a pasto Profª Drª Fabrícia Rocha Chaves Miotto
Consolidação da Ciência em Produção Animal como Componente Fundamental para o Desenvolvimento Sustentável Da Região Amazônica Profª Drª Fabrícia Rocha Chaves Miotto
Desempenho de frangos de corte alimentados com dois níveis de vitamina D e criados sobre dois tipos de cama Profª Drª Roberta Gomes Marçal Vieira Vaz
Desempenho, parâmetros fisiológicos, imunológicos e problemas locomotores de frangos de corte alimentados com diferentes níveis de vitaminas D e E Profª Drª Roberta Gomes Marçal Vieira Vaz
Efeitos da maturação úmida e seca sobre a qualidade  da carne bovina Profª Drª Fabrícia Rocha Chaves Miotto
Monitoramento de atributos agronômicos e de saúde do solo em sistema agroecológico cultivado com forrageiras submetidas a adubação verde no ecótono Cerrado-Amazônia Profª Drª Susana Queiroz Santos Mello
Nível de proteína bruta e inclusão de volumoso em dieta de alto grão na terminação de novilhas Nelore Profª Drª Fabrícia Rocha Chaves Miotto
Panorama da piscicultura, hábito de consumo de carne de peixe e perspectivas para tilapicultura na cidade de Araguaína – Tocantins Profª Drª Ana Carolina Muller Conti
Plantas forrageiras cultivadas em sistema agroecológico utilizando compostagem de dejetos de origem animal como adubação orgânica Profª Drª Susana Queiroz Santos Mello
Relação energia/proteina na suplementação de novilhas de corte em pastejo no período das águas Profª Drª Fabrícia Rocha Chaves Miotto
Soja grão inteiro em substituição ao núcleo peletizado em dietas de alto concentrado para bovinos Profª Drª Fabrícia Rocha Chaves Miotto

 

Deixe um comentário

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *